Mães que Oram pelos Filhos

Encontros todas as quintas-feiras às 19h.

 

Meu nome é Janaína Bonnevialle Araújo de Moraes, sou casada, tenho duas filhas, Maria Fernanda e Maria Julia e, no momento, coordeno o “Movimeuidiocese de Vitória / ES como “Movimento Mães que Oram pelos Filhos”, tendo como orientador espiritual o Pe. Anderson Gomes, como padroeira Nossa Senhora da Salete e Co-Padroeira Santa Mônica.

Nosso grupo de Mães da Paróquia Divino Espírito Santo foi o primeiro grupo do estado do Paraná, e nasceu no início de 2.016. Hoje já temos 12 grupos de Mães espalhados em nosso Estado, sendo que um deles acontece dentro de um Colégio Marista. No Brasil são mais de 600 grupos cadastrados e 20 grupos no exterior.

Nosso carisma é a restauração das famílias pelo poder da oração de intercessão. Semanalmente vivenciamos nos grupos curas, milagres e prodígios. A mãe vem ao grupo pelos filhos mas, toda a família é restaurada… principalmente nós, mães.

Sabemos que é da natureza de uma mãe rezar por seu filho mas, o que nos faz diferente é a FORÇA da oração em GRUPO. Pois, no grupo quando uma mãe está mais forte, pode ajudar a outra que está mais fraca. E assim, podemos experienciar o que está em Romanos 12,15: “Alegrai-vos com os que se alegram, chorai com os que choram.”

Às vezes paro para pensar como Deus foi generoso em criar um Movimento como este, em que pudesse encaixar de uma forma tão bela e preciosa, todas nós, mães católicas. E a resposta que escuto de Deus ao meu coração é esta:

– Eu preciso levantar um “exército de Mães” para lutar por mim nos próximos anos!!!

E nós somos testemunhas das tribulações que já temos enfrentado lá fora na vida dos nossos filhos, nas escolas, nos colégios, nas festas, nas amizades… Para onde foram os valores das nossas famílias? Por que estamos tendo que lutar para que eles não desapareçam?

É fácil fazer parte deste exército de Mães? Não! Não é fácil porque somos humanos e “trazemos este tesouro em vasos de barro” (Rom 4, 7). Cansamos, às vezes até achamos que estamos ficando loucas, ou que pegamos o caminho errado, lutando para preservar nossas famílias, nossos valores e nossa fé. Mas, “não desanimamos. Mesmo se o nosso físico vai se arruinando, o nosso interior, pelo contrário, vai-se renovando dia a dia. Com efeito, a insignificância de uma tribulação momentânea acarreta para nós um volume incomensurável e eterno de glória. Isto acontece, porque miramos as coisas invisíveis e não as visíveis. Pois, o que é visível é passageiro, mas o que é invisível é eterno.” 2Cor 4,16-18

Não tenham medo de fazer parte deste exército de mães, porque ele não é nosso. Deus vai à frente. Ele está no comando! O exército é Dele! Deus vai a frente dos pequenos detalhes do nosso dia-a-dia, e vai a frente também das grandes batalhas. E isso é maravilhoso, sabem por que? Porque Ele não escolhe os capacitados mas, capacita os escolhidos. Ele capacita os que dizem SIM como Maria. Maria é a nossa inspiração. Maria é o nosso modelo de simplicidade.

Eu louvo e agradeço a Deus todos os dias por ter me chamado para fazer parte deste exército de Mães! É uma honra ser um soldado deste exército. Eu sinto lá no fundo do meu coração, que Deus planejou todo este Movimento com muito zelo e carinho por nós, mães. Deus sonhou com MÃES se encontrando simplesmente para rezar; rezar como Maria; rezar na simplicidade de Maria.

Esta é a essência do nosso Movimento… Mães que se encontram para orar!!! Mães que Oram pelos Filhos!!!

Com amor, JANAÍNA ARAÚJO DE MORAES

(Coordenadora Estadual do Paraná)

 

 

Publicações:

Missa de Envio “Mães que Oram pelos Filhos”
Na sede da Comunidade Canção Nova, em Cachoeira Paulista (SP) será realizado, de 3 a 5 de maio o V
Leia mais...
Grupo de adolescentes e “Mães que oram pelos filhos” visitam o Lar Moisés
Na tarde de domingo do dia 02 de dezembro, as “Mães que oram pelos filhos” e o grupo de adolescentes
Leia mais...