Espírito Santo

O Espírito Santo não é somente do Pai e do Filho, mas também é nosso, posto que o recebemos. Diz-se do mesmo modo “salvação do Senhor”(Sl 3, 9); e é também “nossa salvação” porque a recebemos.

E porque ele é comum ao Pai e ao Filho que eles quiseram que nós tenhamos comunhão entre nós e com eles, isto é, pelo Espírito Santo, que é Deus e dom de Deus. De fato, é nele que nós somos reconciliados com a divindade e encontrarmos nosso deleite.

O Espírito Santo reúne, na unidade, o povo de Deus, a Igreja. Como a remissão dos pecados só é concedida no Espírito Santo, ela pode ser dada apenas nessa Igreja que possui o Espírito Santo.

A sociedade de unidade da Igreja de Deus, fora da qual não há remissão dos pecados, é a própria obra do Espírito Santo, com o Pai e o Filho cooperando evidentemente, porque o próprio Espírito Santo é de algum modo a sociedade do Pai e do Filho, pois o Espírito é possuído em comum pelo Pai e pelo Filho, sendo o Espírito único dos dois.

Sermão de Santo Agostinho, citado em
Revelação e experiência do Espírito, por Yves Congar, 2005

 

ORAÇÃO AO ESPÍRITO SANTO

Vinde ao Espírito Santo, enchei os corações dos nosso fieis e acendei neles o fogo do Vosso Amor. Enviai o Vosso Espírito Santo e tudo será criado e renovareis a face da terra.
Oremos: Ó Deus, que instruístes os vossos fiéis, com a luz do Espírito Santo, fazei que apreciemos retamente todas as coisas segundo o mesmo Espírito e gozemos sempre sua sua consolação, por Cristo Nosso Senhor.
Amém.

Ícone da Santíssima Trindade
Rublev 1425